INVESTIMENTOS E RISCO

Análise de Risco

Risco/retorno favorável.

Posições sempre adequadas à cenários de stress (risco ruína).

Capacidade de Antecipar Cenários

Constante e profunda análise macro e micro.

Visão pró-ativa para antecipar movimentos de mercado.

  • Detalhamento de cenários macro econômicos e busca constante de operações com relação risco/retorno atraentes – assimetria de risco favorável;

  • Visão pró-ativa para antecipar mercados;

  • Acompanhamento de todos os mercados, porém atuação somente nos mercados onde houver vantagem comparativa – atuar com alta margem de segurança;

  • Posições sempre adequadas à stress e extremamente conservadores na política de crédito.

Análise top-down

  • Cenário macro;

  • Mudanças econômicas;

  • Classes de ativos que sofrerão maiores influências.

Análise de Risco

  • VaR e cenários de stress;

  • Definição de limites de perde;

  • Eliminação risco ruína / "cisne negro";

  • Limite de tamanho de posição;

  • Busca pelas melhores oportunidades (risco x retorno).

Execução

  • Atuação simplificada;

  • Preferência por liquidez;

  • Operações com assimetria favorável;

  • Uso de derivativos para limitar perdas.

Monitoramento

  • Reunião de cenário diária;

  • Posições / resultados em tempo real;

  • Acompanhamento e debate constante dos dados econômicos.

  • A filosofia de risco tem um papel crucial dentro da Florença Investimentos, regendo todas as nossas análises de investimentos;

  • Estamos constantemente à procura de oportunidades de investimentos que possuam uma relação risco/retorno favorável:

- Performance só acontece caso exista bom casamento entre “antecipação de cenário” com “boa escolha de ativos com boa relação risco/retorno”.

  • As posições são dimensionadas considerando volatilidade e Stress Test, a fim de evitar excesso de volatilidade e uma perda irreparável devido a situações extremas de mercado:

 - Traçamos cenários de stress representando situações de extrema volatilidade nos preços dos ativos;

 - Consideramos que a correlação entre os ativos pode se comportar de forma diferente da usual, tornando o hedge das operações menos eficiente;

 - Não podemos assumir riscos que possam levar o fundo à ruína (perda irreparável, “cisne negro”), mesmo que a realização deste evento seja remota.